CONHECENDO A HISTORIA DO PIANO

Piano de cristal

Aprender isso:  Me tornou um tecladista profissional bem mais rápido...

Olá a todos!

Neste artigo venho falar sobre este maravilhoso instrumento musical, que é o piano.

Um instrumento que vem a séculos emocionando milhares de pessoas no mundo.

Para nos tecladistas, é muito importante saber a história desse instrumento.

O timbre do piano na minha opinião é o mais explorado, nos teclados eletrônicos, pelos tecladistas.

Então essa é a importância em saber um pouco de sua história mas antes quero que leia e DESCUBRA O QUE É SOM.

Siga-nos no twitter- @musicalleizer

Curta a nossa página fã facebook

 

CONHECENDO UM PIANO

O piano tem uma caixa de ressonância grande com cordas percutidas dentro e um teclado que quando pressionado aciona os martelos que hoje em dia são revestidos de feltro, para assim reproduzir o som.

Ele possui dois pedais, o direito que permite que as cordas fiquem vibrando, mesmo que as tecla deixem de ser pressionadas, o da esquerda chamamos de surdina, ele abafa o som tirando seu brilho.

Piano de cristal

                                                                                 Fonte da imagem: Facebook

COMO FOI CRIADO O PIANO QUE TEMOS HOJE?

Piano em manutenção

Aprender isso:  Me tornou um tecladista profissional bem mais rápido...


Ele foi criado por um Italiano de florença, por volta de 1700. Seu nome era Bartolomeu Cristofori. construtor de cravos, ele fabricou um instrumento que chamou de “Gravecemba col piano e forte” isto era um cravo com sonoridade suave e forte.

A diferença entre o cravo e o piano na época, era que o cravo tem suas cordas tangidas por bico de penas, o piano já tem suas cordas percutidas por martelos coberto com couro.Isto possibilitou o piano ser capaz de produzir um som suave e forte, dependendo da força que o músico pressionava as teclas, podendo assim explorar sua dinamíca.

Já no final do século XVIII o cravo foi tendo uma queda e caiu em desuso, até ser substituído pelo piano.

Os ALEMÃES seguiram com a ideia criada pelo ITALIANO mas com o INGLÊS, John Bradwood o piano sofreu grandes mudanças,em 1783 ele criou dois pedais, o de surdina e o direito.

O avanço veio em 1821 com o Francês Sebastiem erharol, ele criou um mecanismo que permitiu o toque repetitivo de uma tecla.

No século XIX o piano passou por diversos aperfeiçoamentos, foram vários detalhes que acrescentaram para chegar ao piano que usamos hoje.

Uma dessas melhorias foi a troca do couro que cobria os martelos, pelo o feltro melhorando muito a sonoridade. E de lá pra cá, foram inúmeras modificações.

CONCLUSÃO

Espero com este conteúdo trazer a todos leitores da Musical leizer, um pouco da história desse maravilhoso instrumento que nos encanta a cada dia que passa.




aprendendo teoria musical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.