9 ALUNOS PARA UM TECLADO NO MESMO HORÁRIO

Você já imaginou isso, dar aulas para nove alunos de teclado no mesmo horário e apenas com um teclado? Muitos professores que conheço disseram que isso é loucura e que os alunos não iam aprender nada. Mais aceitei o desafio e você vai saber o resultado disso, se você é um tecladista experiente ou até mesmo iniciante, sabe a dificuldade que você enfrentou para aprender o seu instrumento.
E você também sabe que não é assim tão fácil como muitos dizem por ai, se não tiver realmente interesse e força de vontade você não aprende.
Então irei contar tudo que fiz, qual o resultado obtive e o que foi isso. Por que eu podia muito bem ter negado, ou não fazer tudo no mesmo dia e horário. Assim me dando mais tempo para fazer um acompanhamento mais detalhado de cada um, para saber quais são as suas dificuldades e resolve-las.

POR QUE DEI AULAS PARA OS 9 ALUNOS PARA UM TECLADO DE UMA SÓ VEZ.

dedos no piano

 

Bom primeiro eu quero explicar o que foi isso, bem eu fui convidado para dar aulas de teclado em um projeto. E nesse projeto eu fui professor de música voluntário, não ganhava nada para esta ali, mas eu quis compartilhar gratuitamente o que aprendi para quem não teve a mesma oportunidade que eu
assim como faço no blog.
Só que no local só tinha um instrumento, então fiquei me perguntando como iria fazer, pois ninguém tinha teclado em casa para estudar. E ninguém tinha outro horário para ter aulas, por isso resolvi fazer tudo no mesmo horário. E como era uma igreja, pedi ao pastor para que eles pudessem usar o teclado no dia que eles não tinham nada para fazer.
E a resposta que tive foi um sim, com isso resolvi o problema de estudo já que ninguém tinha teclado para estudar como disse antes.

CRIANDO INTERESSE NOS ALUNOS

Na primeira aula foi tudo mil maravilhas, pois eu ainda não  estava usando o teclado. Eu só tinha passado o básico de teoria musical, no segundo dia já foi um pouco complicado por que eles queriam tocar o teclado ao mesmo tempo. Como os nove alunos eram crianças e adolescentes, imagina como foi né. Mas eu já esperava por isso, eu queria que eles tivessem o seu primeiro contato com instrumento e percebessem diferentes timbres que o teclado produzia.
Com isso pude analisar o interesse de cada um e ver se realmente eles estavam interessados, percebi que alguns não estavam tão interessados assim estavam ali por estar. Para criar o interesse em todos, toquei algumas musicas que eles gostavam e criei algumas atividades em grupo para gerar interação. Com isso consegui despertar o interesse daqueles que não estavam nem ai pra aula.

COMO FOI O ANDAMENTO DOS ESTUDOS

Aluno de teclado

 

Para que eu pudesse organizar os alunos, tive que separar os alunos, e criar duas atividades para ocupa-los pois eu só tinha 1 hora de aula por semana e tinha que obter resultado. Então dividi os 9 alunos para um teclado, sete para fazerem exercícios teóricos enquanto os outros dois faziam exercícios no teclado.   Assim eles revezavam de 10 em 10 minutos, dando tempo para todos praticarem. Tanto a parte teórica quanto a prática no instrumento. O ultimo que sobrava fazia o exercício pratico junto comigo.
Em três meses eu tive um resultado muito bom, por que eu consegui organizar as aulas e os alunos se interessaram pelas aulas.

RESULTADO DAS AULAS

Bom como muito disseram que era loucura, que os alunos não iriam aprender nada. O resultado que tiver em três meses de aulas foi todos os alunos entendendo o básico de teoria musical, 6 alunos tocando as músicas que aprenderam lendo partituras sem eu ficar do lado explicando e 2 tirando música de ouvido.

 

Acho que foi um resultado muito bom, com pouco tempo e hora que tive. É por isso que dou muito valor a esse trabalho, por que vejo resultado e vidas mudando assim como aqui na musicalleizer. Forte abraço e até a próxima aula, deixe seu comentário ou opinião para que possamos melhorar cada vez mais o nosso ensino musical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *